Redes Sociais Top (cabeçalho)



O mundo do advogado






advogado
Sempre gostei de filmes, cinéfilo por assim dizer, em especial, aqueles onde há ação e inteligência envolvidas. Entretanto os que mais me chamavam a atenção eram aqueles onde o protagonista (Advogado) não se deixava enganar, tamanha astúcia pensando seus casos, percepção aguçada vendo coisas onde os outros não viam, criando argumentos convincentes lá do fundo do poço para...


convencer o juiz ou o tribunal do júri quando tudo parecia perdido.


Um advogado é um profissional liberal, bacharel em Direito e autorizado pelas instituições competentes de cada país a exercer o jus postulandi – representação dos legítimos interesses das pessoas físicas ou jurídicas em juízo ou fora dele, quer entre si, quer ante o Estado. Ele é essencial para a administração da justiça e instrumento básico para assegurar a defesa dos interesses das partes em juízo.

A profissão Advogado é por excelência a profissão da palavra, da oratória, da argumentação, do raciocínio e da dedução. É ver uma causa sobre todos os ângulos possíveis e inimagináveis, desse modo ele poderá pensar holisticamente – de forma completa.

Quem almeja essa profissão tem que se dedicar muito, estudar e se atualizar sempre. Entretanto, esse estudo deverá ser regado com outras disciplinas como economia, psicologia, cultura, sociologia, filosofia entre outras.

Assim, em comemoração ao dia do advogado (11 de agosto) lanço aqui uma Lista de filmes e livros sobre o universo dos Advogados que poderão acrescentar aprendizado aos seus estudos.

Os filmes estão em ordem cronológica para que se possa diferenciar tanto o modus vivendi como o modus operandi dos Advogados em cada época. Além de permitir uma análise comportamental, psicológica, social e cultural dos envolvidos nas tramas.

12 Homens e uma sentença (1957) O filme tem apenas um cenário: a sala onde estão reunidos doze jurados que irão decidir se um rapaz é culpado por assassinato. De início, quase todos estão convictos de que o réu é culpado. Onze dos jurados, para ser exato. Henry Fonda faz a voz discordante e tenta convencer os outros jurados de que as evidências são fracas e que o rapaz é inocente. O filme de Sidney Lumet faz o elogio da racionalidade e inteligência contra a passionalidade. O melhor filme de tribunal de todos os tempos.

Testemunha de acusação (1957) Baseado em um pequeno conto de Agatha Christie, Charles Laughton é Sir Wilfrid Roberts, um dos mais afamados criminalistas da cidade. Todos os "casos perdidos" são enviados para ele, que tem a fama de transformá-los em "casos vencidos". Seu próximo caso é possivelmente o maior desafio de sua carreira, e poderá surpreender tanto ele quanto aos espectadores.

Anatomia de um Crime (1959) – Paul Biegler é um competente advogado, que aceitará defender a causa de Frederick Manion, um ex-oficial do exército acusado de homicídio. O interessante é que neste filme, o réu não alega inocência, pelo contrário, ele admite a culpa, porém argumenta que a vítima teria estuprado sua esposa, a sensual Laura Manion. Com isso, o defensor tentará provar, com base em laudos médicos, que Frederick sofreu uma perda momentânea de sentidos durante o assassinato.

O Vento Será Tua Herança (1960) – Numa cidade marcada pela forte presença da comunidade religiosa, professor é preso por ensinar a Teoria da Evolução de Darwin. O caso vai para o tribunal, onde acontece uma série de inflamados debates ideológicos, que mexem com a localidade e com seus habitantes. Baseado em caso real ocorrido em 1925.

Julgamento em Nuremberg (1961)Pós Segunda Guerra Mundial. Em Nuremberg, o lado vencedor procura punir os responsáveis pelos horrores da guerra. Nesse contexto, um juiz americano é designado para julgar o caso de quatro homens da justiça alemã, que colaboraram com o Terceiro Reich. O grande trunfo desse filme é analisar os dois lados da moeda. Ao contrário da grande maioria de obras do gênero, “Julgamento em Nuremberg” evoca verdadeiros debates referentes à emergência do Nazismo. Tudo isso, sem deixar de enfatizar as tragédias vistas nos campos de concentração.

O Sol é para Todos (1962)Atticus Finch é um advogado íntegro, que assume a função de defender um homem negro injustamente acusado de violentar uma mulher branca. Ambientado numa daquelas cidades racistas do sul dos EUA, o filme procura balancear a parte técnica do julgamento e das argumentações com a relação de Atticus com seus filhos. Além disso, destaca-se a visão negativa que a sociedade possuía diante da posição do protagonista no julgamento.

Justiça para todos (1979) – O advogado Arthur Kirkland (Al Pacino) é contratado para defender um juiz acusado de estupro e com quem já se desentendeu no passado. As revelações que surgem durante o julgamento, fazem com que Kirkland reflita sobre sua profissão e o próprio papel da Justiça.

O Veredicto (1982) - Frank Galvin (Paul Newman) é um advogado alcoólatra e decadente. Ele acaba participando de um caso que tem relação com práticas médicas realizadas incorretamente em sua cliente. No início, nenhum dos lados quer chegar ao julgamento no tribunal, mas logo Galvin percebe que isso seria o mais justo, e resolve lutar pela sua cliente e recuperar sua autoestima com todas as suas armas.

Fio da suspeita (1985) – Poderoso editor de San Francisco tem a sua esposa brutalmente assassinada, quando ela estava sozinha na sua isolada casa de praia. Após uma investigação inicial descobre-se que ele era o herdeiro absoluto da fortuna de sua mulher, mas até o momento da morte dela ele era na prática um empregado dela. Assim, ele se torna o principal suspeito do crime.

Acusados (1988) – A pós ser estuprada em um bar, Sarah Tobias (Jodie Foster) irá enfrentar o sistema penal dos Estados Unidos, onde as vítimas são suspeitas de suas próprias acusações.

Muito Mais que um Crime (1989) - O filme combina a tensão de um suspense de tribunal com a emocionante história de amor entre pai e filha. Mike Laszlo (Armin Mueller-Stahl) é acusado de ter prestado serviços aos nazistas. Sua advogada, Ann Talbot (Jessica Lange) é sua filha que, por mais que queira ser justa nas acusações, não consegue desconsiderar a relação afetiva com o acusado.

Acima de qualquer suspeita (1990) – Rusty Sabich (Harrison Ford) é um promotor indicado para trabalhar no caso do assassinato de uma colega de trabalho. Porém, conforme avança nas investigações, percebe que toda a culpa aponta para ele mesmo.

O Reverso da Fortuna (1990) – O rico socialite Claus von Bulow (Jeremy Iron) é acusado pelo assassinato de sua esposa Sunny von Bulow (Glenn Close). O advogado e professor de direito Alan Dershowitz (Ron Silver) é contratado. Baseado numa história real, o filme se concentra na preparação do trabalho jurídico de defesa, com as diversas reuniões entre o advogado e seus estudantes na busca de provas da inocência do seu cliente.

Meu primo Vinny (1992) Uma comédia de tribunal. Dois adolescentes são acusados injustamente de assassinato e um deles chama para defendê-los o único advogado que conhece: o seu primo Vinny (Joe Pesci), que nunca conseguiu passar no exame  da Ordem dos Advogados para exercer sua profissão. Marisa Tomei faz a namorada desbocada e sinuosa de Pesci, no auge de sua beleza e plena de talento.

Perfume de Mulher (1992) – A personagem de All Pacino (cego) se encarrega de defender o adolescente da educação rígida de um colégio interno. Nesse momento, o ex-militar assume o papel de advogado, o jovem de réu e a estrutura inflexível e conservadora da escola, personificada na figura do diretor, cumpre a função desempenhada por um promotor.

Questão de Honra (1992) – Após um soldado morrer acidentalmente em uma base militar, depois de ter sido atacado por dois colegas da corporação, surge a forte suspeita de ter existido um "alerta vermelho", uma espécie de punição extraoficial na qual um oficial ordena a subordinados seus que castiguem um soldado que não tenha se comportado corretamente. Quando o caso chega aos tribunais, um jovem advogado da marinha (Tom Cruise) resolve não fazer nenhum tipo de acordo e tentar descobrir a verdade. Esse tem Tom Cruise, Demi Moore, Kevin Bacon, Keiffer Sutherland e ainda por cima Jack Nicholson.

O Dossiê Pelicano (1993) – Quando dois juízes da Suprema Corte norte-americana são assassinados, o estudante prepara um dossiê, que vai parar nas mãos do FBI. Junto com seu professor, ela começa a se aproximar da verdade, o que, evidentemente, coloca sua vida em risco. Com Julia Roberts, Denzel Washington e Sam Shepard.

Filadelfia (1993) Um advogado talentoso (Tom Hanks) é despedido de sua empresa após seus sócios descobrirem que é homossexual e aidético. Para provar que foi despedido por preconceito e exigir reparação por danos morais, contrata um advogado homofóbico de porta de cadeia (Denzel Washington). Tom Hanks ganhou seu primeiro Oscar de melhor ator pelo filme, que é realmente emocionante e foi um dos primeiros filmes a tratar da Aids nos EUA. Destaque para Denzel Washington, que faz um advogado machista e preconceituoso, mas que não aceita injustiças.

Em Nome do Pai (1993) – Gerry era um pequeno delinquente de Belfast, durante os anos 70. Depois de ir para a Inglaterra, é injustamente acusado como um dos quatro terroristas de Guildford, pegando prisão perpétua e descobrindo, aos poucos, suas forças mais profundas para lutar contra tal injustiça.

Assédio Sexual (1994) – Homem casado Tom Sanders (Michael Douglas) tem como novo chefe uma ex-amante Meredith Johnson (Demi Moore). Ela passa a pressioná-lo para retomarem a relação, utilizando, inclusive, a posição na empresa. Ele, acuado, vê como único recurso mover uma ação contra ela por assédio sexual.

O Cliente (1994) – Os livros de John Grisham contam histórias que se passam em tribunais. Susan Sarandon e Tommy Lee Jones interpretam advogados com divergências em como abordar um garoto que testemunha o suicídio de Jerome Clifford, um importante advogado que trabalhava para a Máfia. Porém, antes do suicídio, ele acabara contando ao garoto a localização do corpo de um Senador. Agora a Máfia e o FBI estão atrás dele, para tentar obter as informações que ele conhece, então ele resolve contratar uma advogada, Reggie (Susan Sarandon), que tentará ajudá-lo nessa difícil situação.

A Jurada (1996) – Annie Laird (Demi Moore) convocada a fazer parte do júri que decidirá o futuro de um mafioso, começa a suspeitar que sua vida e a de seu filho estão em risco. Vivendo um clima de medo e tensão, ela acaba sendo coagida a inocentá-lo.

As Bruxas de Salem (1996) – Na Salem do fim do século XVII, mulheres são acusadas de bruxaria, o que mobiliza a cidade. Em pouco tempo, os dedos estão sendo apontados para todos os lados, mesmo sem motivo aparente. Para tentar controlar esse caos, surge a figura de um inquisidor, e os casos irão a julgamento.

As Duas Faces de um Crime (1996) – Um thriller tenso com o advogado Martin Vail (Richard Gere ). Ele tem como missão defender um pobre coroinha, que é acusado de assassinar um arcebispo. Mas o advogado não imagina o que se encontra por trás disso tudo e que vai descobrir um ninho imenso de corrupção.

Tempo de Matar (1996) – Um jovem advogado e sua assistente defendem um homem negro acusado de assassinar dois homens que estupraram sua filha de 10 anos, incitando o renascimento da Ku Klux Klan. Com  Matthew McConaughey, Sandra Bullock e  Samuel L. Jackson.

O Segredo (1996) – O advogado Adam Hall (Chris O'Donnell) é obrigado a enfrentar os segredos do passado de sua família. Em 28 dias, o condenado Sam Cayhall (Gene Hackman) será morto na câmara de gás do Mississipi, pelo assassinato de duas crianças. Na contagem regressiva, Adam visita Sam, na tentativa de salvar sua vida e buscar significado para a própria vida. Apesar de o falecido pai ter mudado o nome da família, Sam é o avó de Adam.

Justiça Vermelha (1997) – Jack Moore (Richard Gere) é um advogado americano que vai à China para fechar um meganegócio, mas uma noite conhece uma chinesa com quem se envolve. Na manhã seguinte, é acordado por soldados que invadem seu quarto e o prendem pelo assassinato da mulher que passou a noite com ele. Além de existirem vários indícios que o incriminam, ele se depara com um sistema legal que não respeita os direitos civis. Como não pode ter um advogado estrangeiro, o estado indica Shen Yuelin, uma jovem advogada chinesa que nunca conversou com ele antes de entrar no tribunal nem acredita que ele seja inocente, apesar dele alegar inocência o tempo todo.

O Advogado do Diabo (1997) – Keanu Reeves tem uma tarefa complicada, ele deve defender o próprio Lúcifer.

O Mentiroso (1997) – Como um advogado consegue trabalhar sem poder mentir? Estrelado por Jim Carrey, responde à pergunta com muito bom humor.

O Homem que fazia chover (1997) Filme pouco conhecido do diretor Francis Ford Coppola. Matt Damon faz um jovem advogado idealista que atua num caso importante contra um poderoso exército de advogados de uma grande empresa. Quase todos os filmes de tribunal tratam de opor um advogado amador ou inexperiente contra poderosos e endinheirados do outro lado, seus opositores. Aqui não é diferente, mas o filme comove pela singeleza e humanidade de seus personagens. As partes cômicas ficam com Danny DeVitto, fazendo o advogado auxiliar esperto e cheio de malandragem.

O advogado dos 5 crimes (1998) – Lawson Russel (Cuba Gooding Jr.) é um advogado que perde sua licença devido à um ataque de consciência em pleno tribunal e resolve escrever um livro. Pega emprestado um volume inédito com um conhecido, em busca de inspiração, mas quando vai devolvê-lo encontra o autor morto. Decide publicar o livro como sendo de sua autoria e faz sucesso imediato. Mas a situação se complica quando um detetive descobre que os crimes relatados no livro são reais.

Até que a morte nos separe (1998) – O advogado Rick Magruder (Kenneth Branagh) teve um caso de uma noite com Mallory Doss (Embeth Davidtz), mas isso foi suficiente para deixá-lo louco por ela. Quando descobre que o pai de Mallory está chantageando-a, decide defendê-la e acaba colocando o pai atrás das grades. O problema é que, depois de um tempo em um asilo para idosos, o pai de Mallory consegue fugir e põe em risco a vida de várias pessoas.

Erin Brockovich – uma mulher de talento (2000)  Não é um filme de tribunal e nem a protagonista é uma advogada. Mas narra a história real de uma secretária de uma firma de advocacia que tem muito mais talento para o direito que muitos marmanjos formados nas melhores escolas. Julia Roberts faz Erin Brockovich, uma mulher divorciada com três filhos que arranja um bico para trabalhar numa firma de advogados meia-boca.  Organizando velhos arquivos descobre indícios que uma grande empresa está poluindo a água de uma cidade, envenenando seus habitantes. Decide investigar por conta própria. O filme deu o Oscar de melhor atriz para Julia Roberts. Filme envolvente e encorajador: a mensagem subjacente é que você pode tudo com determinação.

Legalmente Loira (2001) – A loira (Reese Witherspoon) cansa de sofrer como o estereótipo da pessoa fútil e burra e resolve entrar na faculdade de Direito, para mostrar que ser patricinha e ser inteligente são duas coisas que, eventualmente, podem acontecer ao mesmo tempo.

Uma Lição de Amor (2001) – Asm Dawson (Sean Penn) é um homem com deficiência mental que cria sua filha Lucy (Dakota Fanning) com ajuda de seus amigos. Porém, assim que Lucy faz sete anos começa a ultrapassar intelectualmente seu pai, e esta situação chama a atenção de uma assistente social que quer Lucy internada em um orfanato. A partir de então Sam enfrenta um caso virtualmente impossível de ser vencido por ele, contando para isso com a ajuda da advogada Rita Harrison (Michelle Pfeiffer), que aceita o caso como um desafio com seus colegas de profissão.

Bicho de Sete Cabeças – 2001 (nacional) – Wilson (Othon Bastos) e seu filho Neto (Rodrigo Santoro) possuem um relacionamento difícil, com um vazio entre eles aumentando cada vez mais. Seu Wilson despreza o mundo de Neto e este não suporta a presença do pai. A situação entre os dois atinge seu limite e Neto é enviado para um manicômio, onde terá que suportar as agruras de um sistema que lentamente devora suas presas.

Crimes em Primeiro Grau (2002) – Claire Kubik (Ashley Judd) é uma bem sucedida promotora que descobre que seu marido teve um passado misterioso no exército norte-americano, sendo acusado de ter participado de um grande massacre em outro país durante uma missão. Ela decide então defender seu marido no tribunal, contando com a ajuda do promotor militar Charles Grimes (Morgan Freeman).

O Amor custa caro (2003) – Dirigido pelos irmãos Coen, o filme conta a história de um ambicioso e bem-sucedido advogado, o especialista em divórcios Miles Massey (George Clooney), conhece Marylin (Catherine Zeta-Jones), uma caçadora de maridos ricos que arma seus divórcios para abocanhar suas fortunas. Ambos têm muito em comum, como a falta de escrúpulos em atingir seus objetivos e estão passando por uma crise existencial.

A Vida de David Gale (2003) - David Gale (Kevin Spacey), um professor da Universidade do Texas, é um ativista contra a condenação da pena de morte. Mas ele é acusado à pena que tanto é contra quando um colega de trabalho é assassinado. Elizabeth Bloom (Kate Winslet), uma jornalista que se interessa pelo caso, pretende investigar toda a vida de Gale e o sistema judicial que o condenou.

O Júri (2003) – No julgamento de uma grande indústria armamentista, o advogado de defesa e a namorada de um dos membros do júri tentam controlar o veredito dos outros jurados através de técnicas especiais de manipulação. Filme recheado com reviravoltas.

Leis da Atração (2004) – Daniel Raffaerty (Pierce Brosnan) e Audrey (Julianne Moore) são dois advogados especialistas em divórcios, que vivem em Nova York e sempre competem entre si. Após se apaixonarem eles acabam se casando, mas precisam evitar que passem pelos mesmos problemas que fazem com que seus clientes se separem.

O Exorcismo De Emily Rose (2005) – Em 1976, um padre tenta exorcizar a alemã Anneliese Michel, de 23 anos, em um dos raros casos reconhecidos pela Igreja Católica. Durante o ato, a menina acaba falecendo e o padre é levado a julgamento como acusado de sua morte.

Terra fria (2005) – Nos anos 70, Josie Aimes (Charlize Theron) foge do marido para trabalhar em uma mina na sua terra natal. Só que ela e suas demais colegas de trabalho começam a sofrer moléstia dos homens do local, o que a leva a mover o primeiro processo por assédio sexual dos EUA.

Um Crime de Mestre (2007) – O jovem e ambicioso promotor público Willy Beachum (Ryan Gosling) está no melhor momento de sua vida profissional. Nunca perdeu nenhum caso e está prestes a assumir um emprego na prestigiosa empresa de advocacia Wooton Sims. Mas antes de abandonar o cargo de promotor, ele tem um último desafio pela frente: o engenheiro Thomas Crawford (Anthony Hopkins). Depois de descobrir que estava sendo traído pela esposa, Crawford a matou a sangue frio com um tiro na cabeça. Um crime premeditado e com uma confissão clara e objetiva – mas, no entanto, o acusado é muito mais inteligente do que aparenta, e acaba criando um labirinto tão complexo em torno da situação que logo é colocado em liberdade.

assinar newsletter

Meu Nome Não é Johnny – 2008 (brasileiro) – João Guilherme Estrella (Selton Mello) nasceu em uma família de classe média do Rio de Janeiro. Filho de um diretor do extinto Banco Nacional, ele cresceu no Jardim Botânico e frequentou os melhores colégios, tendo amigos entre as famílias mais influentes da cidade. Carismático e popular, João viveu intensamente os anos 80 e 90. Neste período ele conheceu o universo das drogas, mesmo sem jamais pisar numa favela. Logo se tornou o maior vendedor de drogas do Rio de Janeiro, sendo preso em 1995. A partir de então passou a frequentar o cotidiano do sistema carcerário brasileiro.

O Leitor (2008) – A sociedade acredita que é guiada pela moralidade, mas isto não é verdade. Hanna (Kate Winslet) foi uma mulher solitária durante grande parte da vida. Quando se envolve amorosamente com o adolescente Michael (Ralph Fiennes) não imagina que um caso de verão irá marcar suas vidas para sempre.

O Poder e a Lei (2011) – O advogado Mick Haller (Matthew McConaughey) ganha a vida tirando da cadeia criminosos sabidamente culpados. Ao defender um playboy de uma acusação de tentativa de estupro e agressão contra uma prostituta, Haller é confrontado com a possibilidade de seu cliente ser realmente culpado, e de o crime ser apenas o indício de algo mais grave. Os limites da ética no código de conduta dos advogados são testados nessa trama.

Caso o gosto seja pela leitura. Então, leia um dos livros de John Grishan sobre o tema:

- Tempo de matar (A Time to Kill, 1989)
- A Firma (The Firm, 1991)
- O Dossiê pelicano (The Pelican Brief, 1992)
- O Cliente (The Client, 1993)
- A Camâra de Gás (The Chamber, 1994)
- O Homem que Fazia Chover (The Rainmaker, 1995)
- O Júri (The Runaway Jury, 1996)
- O Sócio (The Partner, 1997)
- O Advogado (The Street Lawyer, 1998)
- O Testamento (The Testament, 1999)
- A Confraria (The Brethren, 2000)
- A Casa Pintada (A Painted House, 2001)
- Esquecer o Natal (Skipping Christmas, 2001)
- A Intimação (The Summons, 2002)
- O Rei das Fraudes (The King of Torts, 2003)
- Nas Arquibancadas (The Bleachers, 2003)
- O Último Jurado (The Last Juror, 2004)
- O Corretor (The Broker, 2005)
- Jogando por Pizza (Playing for Pizza, 2007)
- O Recurso (The Appeal, 2008)
- O Negociador (The Associate, 2009)
- Caminhos da Lei (Ford County, 2009)
- Theodore Boone: Aprendiz de Advogado (Theodore Boone Kid Lawyer, 2010)
- A Confissão (The Confession, 2010)
- Theodore Boone: o sequestro (Theodore Boone: The Abduction, 2011)
- (The Litigators, 2011)
- (Calico Joe, 2012)
- (Theodore Boone 3, 2012)

Recomendo o livro “Pensando como um Advogado”, de autoria de Kenneth John Vandevelde, da editora Martins fontes.

O que você pensa sobre o tema? Deixe um comentário logo abaixo ou sugira um artigo, precisamos de ambos para continuar melhorando o blog.


Compartilhe esse artigo na sua rede social: 
  

Esperamos sua visita em breve. Obrigado pela companhia!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é sempre bem-vindo e de Fundamental importância para continuarmos Melhorando o Blog. Deixe aqui sua crítica ou sugestão. Esse espaço é Seu!


Receba nossas atualizações + 2 E-books 100% Grátis


yan klovinsk autor
Yan Klovinsk é blogueiro desde junho de 2011. Psicólogo, Escritor, Especialista em Gestão Pública, graduando em Direito e Colunista do Portal Educação, apaixonado por livros e cinema. Na internet encontrou um cantinho para compartilhar seus pensamentos... + sobre o Autor e + sobre os E-books   

 
            Acompanhe

            Facebook
            Twitter
            Google+
            Delicious
            Newsletter
            Divulgue
            Contato
    E-books do Autor    
        
    Analista de Recursos Humanos
                  Recomendado

                  Portal Educação
                  Fotos todo Dia
                  Clube dos Autores
                  Gerenciando Blog
                  Ferramentas Blog
                  Mundo Blogger
                  Um Pouco de Mim