Resista ao Consumismo e Faça Poupança


consumismo

Por que as pessoas tem dificuldade em investir na poupança e guardar um pouco de dinheiro para usá-lo em coisas que realmente precisa? Além de um investimento seguro, garantido pelo governo federal, ele é isento de impostos, caso seu dinheiro fique guardado por mais de 90 dias. 

A dificuldade em guardarmos um pouco daquilo que ganhamos está no simples fato de não resistirmos às tentações apresentadas nas propagandas. Vivemos numa sociedade de consumo e somos diariamente bombardeados através das propagandas e, muito do que é oferecido não precisamos.

Ninguém está lhe oferecendo um produto ou serviço. Todos estão atrás do seu dinheirinho suado. Afinal é uma relação de troca e o capitalismo só funciona desse modo para gerar riqueza. Mas riqueza de quem? Você deve se perguntar!

Somos educados desde tenra idade a consumir mais do que precisamos. Compramos um celular e um ano depois ele está obsoleto, acreditamos que comprar um modelo com mais recursos nos beneficiará de alguma maneira. Entretanto, agora você tem dois celulares e duas despesas. Conheço pessoas com cinco celulares que recebem cinco mensagens diárias sobre pacotes promocionais.

De um ano para o outro as montadoras mudam alguns itens no modelo do veículo e lá vai você até uma revenda qualquer e dá seu carro em troca (subvalorizado) e paga a diferença em dinheiro. Depois sai da loja dirigindo seu carango se sentindo uma pessoa atualizada, moderna e com um carro exclusivo. Quando não cai no preço elástico do veículo através de 72 suaves parcelas (seis anos) a perder de vista.

Você contrata TV por assinatura e descobre que não tem tempo para assistir a programação, pois passa o dia todo no trabalho. Muitas vezes nem consegue dar atenção à esposa e aos filhos porque está cansado demais.

O Cartão de crédito pode ser seu amigo ou inimigo. Se toda compra for paga integralmente no dia do vencimento, você está economizando os juros. Caso contrário estará desembolsando de 8% a 12% ao mês sobre o valor da fatura. Esse critério também é válido para os empréstimos pessoais com ou sem desconto em folha, cheque especial, etc.

Você pode pensar noutros exemplos, pois o objetivo aqui não é listá-los todos e sim fazê-lo refletir que seu salário acaba antes do término do mês corrente, e as contas pagas foram do mês passado, as quais estão sendo pagas com juros. Então, você se encontra no vermelho, está gastando mais do que arrecada.

Matemática simples. Se alguém ganha R$ 1.000,00 por mês e gasta R$ 900,00, sobra R$ 100,00/mês e, se for investido na poupança terá um Décimo quarto salário ao final de 12 meses, ou seja, terá economizado mais de R$ 1.344,00. Isso é só um exemplo do quando podemos economizar sem fazer força. Afinal, se sobrava R$ 100,00/mês significa que você está com as contas equilibradas e pode investir.

Entretanto, não pense que é coisa fácil guardar R$ 100,00/mês, porque todos os dias você será incentivado a comprar isso ou aquilo. Fomos educados a gastar e não a economizar.

Aproveito para definir o que é CONSUMISMO nas palavras de Henrique Carvalho do blog: Viver de Blog.  O conceito é perfeito e se aplica a esse artigo: 

Consumismo - "é o ato de comprar o que você não precisa, com o dinheiro que você não tem, para impressionar pessoas que você não conhece, afim de tentar ser uma pessoa que você não é".

Portanto, antes da possibilidade de sacar a carteira do bolso pense duas vezes se realmente precisa daquele produto ou serviço. Nunca compre por impulso, pois com dinheiro em caixa poderá aproveitar as promoções que encontrar. Você tem o livre arbítrio de escolher isso ou aquilo, gastar ou economizar, mas será sempre vítima das consequências dessa escolha.

O que você pensa sobre o tema? Deixe um comentário logo abaixo ou sugira um artigo, precisamos de ambos para continuar melhorando o blog.

Esperamos sua visita em breve. Obrigado pela Companhia e, compartilhe com os seus Amigos!

Junte-se aos Nossos Leitores e Receba nossas atualizações!

Respeitamos sua privacidade. Você está 100% seguro!

Um comentário:

  1. Nos tempos atuais o consumismo está cada vez mais em alta isso por causa do "STATUS", a pessoa ver o vizinho com um carro 0 KM e deseja também para mostrar que pode ter um igual ou até mesmo melhor. A mídia nos mostra que quem tem mais vive melhor e é mais feliz, as pessoas se afundam cada vez mais de contas que não podem pagar, pois sempre são bombardeados de ofertas de cartões de créditos com juros que "cabem no bolso" e quando chega nos mês seguinte a pessoa percebe que aumentou sua divida e que não precisava trocar ou adquirir certos bens, tornando assim cada vez mais difícil poupar o próprio dinheiro.

    ResponderExcluir