Voltar para Casa Também é Bom


voltar para casa

Os amigos e leitores do blog devem ter percebido a falta de postagens desde dezembro passado. Eu estava de Férias. Entretanto, estou de volta e feliz por iniciar mais um ano que promete ser muito bom para todos. Sempre sonhamos e aguardamos o período de férias de 

final de ano. Queremos estar na presença dos nossos mais queridos: pais, filhos, netos, tios, primos... amigos.

Revivemos momentos felizes e, às vezes, tristes, porque isso nos mantém conectados uns aos outros, vivos por assim dizer. O mesmo ocorre nas redes sociais.

Sou sulista de nascimento, criado no litoral catarinense entre as cidades de Florianópolis e Tubarão distantes de Brasília 1750 e 1880 km respectivamente, e minhas férias sempre tem um significado diferenciado quando lá volto. Moro em Brasília há oito anos e sempre falta alguma coisa por aqui além dos parentes – o mar.

Nessas férias aluguei uma casa na praia do Pântano do Sul em Florianópolis para reunir a família. Tinha mais de 42 opções de praia, só na ilha. Entretanto, queria um local tranquilo sem badalações, apenas sol, areia e mar.

A varanda da casa distava do mar pouco menos de 80 metros, de modo que dormíamos e acordávamos com o estourar das ondas e com o canto das gaivotas sempre presentes na areia para bicar seu quinhão dos pescadores.

Sentei-me numa cadeira com a água lambendo meus pés no vai e vem das ondas enquanto bebia uma caipirinha, depois outra e outra. Caminhei na beira da praia à noite com minha esposa com a água tocando os pés e tendo a lua como testemunha. Saboreamos, repetidas vezes, peixes e camarões que comprávamos diretamente do mar no rancho das canoas e outras quando elas aportavam na areia. Experimentamos o típico café colonial sulista, tanto nas casas dos parentes como fora delas.

Eu e meus filhos alugamos caiaques e fomos para o mar. Muito divertido, mas como não estou acostumado ao esporte cansei muito. Talvez seja culpa da caipirinha ou da idade, quem sabe?

Enfim, colocamos a prosa em dia enquanto nos divertíamos. Todos ficaram felizes e, mesmo antes de voltar planejávamos as próximas férias juntos.

Se viajar de férias é bom, voltar dela é igualmente bom. Porque completa um ciclo, ir e vir, subir e descer, trabalho e férias, convívio e saudade, etc. Se me fosse permitido escolher, não tenha dúvidas, escolheria o ciclo férias e férias.

Assim, mesmo longe do mar e dos meus estou feliz por estar de volta para casa – Brasília, cidade que me recebeu de braços abertos, onde trabalho, estudo, onde fiz amigos e me casei. Nossa casa é qualquer lugar em que vivemos e não onde nascemos.

O que você pensa sobre o tema? Deixe um comentário logo abaixo ou sugira um artigo, precisamos de ambos para continuar melhorando o blog.

Esperamos sua visita em breve. Obrigado pela Companhia e, compartilhe com os seus Amigos!

Junte-se aos Nossos Leitores e Receba nossas atualizações!

Respeitamos sua privacidade. Você está 100% seguro!

10 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  9. Gostei,
    A energia do Rio Tubarão sempre me faz voltar também..
    Abraço.
    Paulo

    ResponderExcluir
  10. Não costumo viajar, mas o tema é muito bom! Independente do lugar, longe ou perto, em outro estado ou em outro país a volta pra casa é sempre muito boa. Penso assim todos os dias ao sair do serviço, na verdade quando estou indo trabalhar já penso na volta pra casa, pra família. Costumo sempre dizer que em cada casa tem o seu cheiro característico e o cheiro da nossa casa é o melhor de todos!

    ResponderExcluir