Religião, Magia e Ciência


religião

O ano novo abre os braços para nos receber e, esperamos que seja diferente e melhor do que o ano que se finda. Comemoramos com a queima de fogos de artifício, distribuímos presentes, fazemos oferendas de todos os tipos, abraçamo-nos uns aos outros desejando que tudo 

de bom se realize no ano vindouro. Entretanto, não basta desejar crer, é necessário fazê-lo.

Esses rituais são praticados em todo planeta, porque eles são hábitos ligados à crença de que basta desejar que as coisas se autorrealizam. Nada de errado em pensar desse modo. O ser humano é um ser ritualístico por condição, até mesmo se aplica determinados rituais para fazer a barba. Para não falar em sexo que é exaustivamente carregado de rituais.

Uma característica marcante entre todas as culturas existentes é a de possuírem um conjunto de crenças em poderes sobrenaturais. Nesse aspecto, religião e magia disputam o interesse de todos, salvo os céticos.

O sobrenatural é aqui definido como a crença em seres que residem em diferentes lugares como deuses, anjos e demônios. Além de entidades, espíritos e almas que são libertados do corpo após a morte e, que o universo é composto por forças invisíveis positivas e negativas, boas ou más respectivamente.

Apesar de ambas estarem vinculadas ao sobrenatural elas diferem quanto ao modo de atuação ou ação.

O sobrenatural é reverenciado pela religião onde seus praticantes adotam uma postura de submissão e adoração, enquanto que para os praticantes da magia há uma atitude de tentar manipular e controlar o sobrenatural. É isso que realmente difere uma da outra.

Entretanto ambas buscam através dos rituais, uma projeção de outro mundo além da condição humana, estão interessadas nos fenômenos metafísicos como um suporte ou paliativo para superar a perplexidade diante do inexplicável e do futuro provável. Logo religião e magia buscam no mundo metafísico respostas para o mundo físico.

Esses rituais cumprem a função de reforçar a crença e esta, por sua vez, a de reforçar os rituais. É um processo cíclico ad infinitum.

Assim, chegamos ao centro da questão, o que difere religião e magia da ciência? A partir do mundo físico a ciência também tenta explicar a realidade que nos rodeia. Digo tenta, porque se utiliza de teorias, mas elas não provam. Toda teoria é um conjunto de enunciados que tentam explicar por que as coisas funcionam e como funcionam?

A sociedade atual é complexa, pois esta marcada por incertezas, avanço tecnológico, questionamentos dos hábitos e valores, contradições políticas, etc. Mas a ciência faz algo diferente, age sobre o mundo concreto.

Portanto, temos que fazer como a ciência – agir. Só a ação determinará o sucesso dos nossos empreendimentos no próximo ano. Não basta ter ideias, não basta crer e cruzar os braços é preciso executá-las, pois só desse modo é que elas poderão ser visíveis no mundo concreto.
O que você pensa sobre o tema? Deixe um comentário logo abaixo ou sugira um artigo, precisamos de ambos para continuar melhorando o blog.

Esperamos sua visita em breve. Obrigado pela Companhia e, compartilhe com os seus Amigos!

Junte-se aos Nossos Leitores e Receba nossas atualizações!

Respeitamos sua privacidade. Você está 100% seguro!

0 COMENTÁRIOS:

Postar um comentário