Onde Está o Espírito de Natal?


natal

O Natal bate a nossa porta. O mês de dezembro chegou mais rápido do que esperávamos, ficamos com a impressão que janeiro foi ontem. Mais uma vez iniciamos os preparativos para comemorar essa data tão esperada da festa mais linda do ano. Para todos os lados que 

olhamos vemos as casas, prédios e jardins enfeitados com os mais variados tipos de pisca-piscas com suas luzes multicoloridas, além dos pinheiros decorando os cantos das salas aguardando a chegada dos presentes do “Papai Noel”.

É uma correria danada. Misturamo-nos na multidão e invadimos shoppings e lojas a procura do presentinho especial para aqueles que nos são mais queridos. Enfrentamos filas para isso e para aquilo e disputamos vagas no estacionamento além de pagá-los. Trocamos o carro ou compramos outro. Vamos aos supermercados comprar os ingredientes que irão compor a Ceia de Natal, acrescidos de muita bebida e chocolates. E nos preparamos para a comilança. Isso tudo é importante, é claro, mas é secundário.

Fazemos isso, repetidamente, todos os anos e, não ficamos mais felizes por isso. Por quê? Porque a felicidade não está diretamente ligada ao aos bens materiais – aos presentes. Ela é um estado sentimental de agradecimento à vida. Todavia sempre queremos o material e passamos a impressão de não querermos o bem ao próximo. As coisas mais importantes da vida não se compram em lojas, elas estão disponíveis gratuitamente como o amor, a amizade, o companheirismo, a solidariedade, o afeto, o sexo, a compaixão, o perdão, o amor ao próximo, etc.

O Natal parece ter perdido o significado original. Nós, adultos e crianças valorizamos mais a ideia de papai Noel do que a presença de Jesus Cristo em nossos corações – o significado original do Natal. Porque nessa data comemoramos outra coisa que não o “Espírito de Natal” – um rito de puro agradecimento ao nosso Salvador que pode ser expresso pela ajuda ao próximo.

Muitos presentearão e outros serão presenteados. É uma troca. Entretanto, boa parcela da população não pode participar dessa troca de presentes. Faltam-lhe quase tudo. Portanto, no dia do Natal procure uma família carente e leve de presente o que comer e, faça isso pessoalmente, não mande alguém em seu lugar, porque você irá compartilhar um pouco do seu coração. Faça-os se sentirem importantes. Porém, antes de ir embora, veja o brilho da felicidade estampada nos olhos deles, porque eles irão sentir que Jesus não se esqueceu deles. Seja, nesse dia, um dos mensageiros do senhor. Contagie-os com o Espírito de Natal.

Vale lembrar que o Espírito de Natal não deveria ser praticado somente no dia 25 de dezembro, mais sim em todos os dias do ano.

Aproveito a oportunidade para Desejar Um feliz Natal a todos, extensivo aos familiares e amigos. E que o Espírito de Natal invada seus corações.

Desejo, também, que o ano de 2013 seja repleto de realizações para todos aqueles que lutam por melhores condições de vida e crescimento pessoal. Que a violência diminua, assim como políticos corruptos e que nas próximas eleições escolhamos pessoas mais capacitadas e comprometidas para nos representar.

Que Deus abençoe a todos e Um Feliz Natal.

O que você pensa sobre o tema? Deixe um comentário logo abaixo ou sugira um artigo, precisamos de ambos para continuar melhorando o blog.

Esperamos sua visita em breve. Obrigado pela Companhia e, compartilhe com os seus Amigos!

Junte-se aos Nossos Leitores e Receba nossas atualizações!

Respeitamos sua privacidade. Você está 100% seguro!

Um comentário:

  1. Você "disse" a mais pura verdade. Mas há um pequeno detalhe no seu texto que o diferencia de tantos outros que recebemos nessa época de Natal, primando pelo "verdadeiro sentido da festa cristã". Você nos dá uma simples, direta e inegavelmente rica sugestão: procurar uma família carente e partilhar com ela esse momento. Aí está uma boa solução para os muitos que não sabem como agradar a Deus nesse momento de agradecimento pela chegada de Jesus, nosso Salvador. Uma pena que muitos tenham tanta resistência a isso!!! Abraços. Ótima mensagem! Luciana, sua sobrinha.

    ResponderExcluir