Sobre o Conceito Cultura


conceito cultura

A cultura não é um subproduto de um povo, mas o vínculo que une todos em torno de uma ideia ou valores comuns. É o meio onde cada indivíduo representa seus mais variados papeis sociais. O homem é o único animal capaz de criar cultura. Segundo o dicionário Houaiss, Cultura é 

“o conjunto de padrões de comportamento, crenças, conhecimentos costumes que distinguem um grupo social, forma ou etapa evolutiva das tradições e valores intelectuais, morais, espirituais de um lugar ou período específico”.

Ao contrário do que muitos ainda pensam o comportamento não é determinado pela genética, por isso não há que se falar em natureza humana, mas sim em condição humana, onde determinadas atitudes são reforçadas ou reprimidas pela coletividade. O indivíduo não atua socialmente no vazio, no vácuo. É necessário um meio referencial para essa atuação. A título de exemplo, só para contrariar o determinismo biológico, se uma criança brasileira for criada na Alemanha, ela crescerá como uma alemã, aprendendo a língua, os hábitos, crenças e valores dos alemães.

Assim como existe uma cultura nacional, também existe a regional – englobando vários estados –, a estadual e a local – os municípios. Expandindo o conceito poderíamos falar em cultura continental e até terrestre, caso encontrássemos outro planeta habitado para a comparação.

Uma cultura não é melhor nem pior em relação às outras, pois cada uma se justifica por si só, tem sua lógica e funcionalidades próprias. O tema fundamental da cultura é a estranheza – a diferença, ou seja, a impressão ou sensação mais ou menos desconfortável de uma pessoa diante desta estranheza. Porque tendemos a ver e agir no mundo tendo como referência nossos próprios valores culturais, o que chamamos de Etnocentrismo e, todos o somos, diferimos apenas em grau. Isso não poderia ser diferente, pois conhecemos e estamos familiarizados com a nossa própria cultura (a referência). Entretanto, esses valores funcionam como um filtro que acaba por limitar nossa capacidade de compreender e respeitar outras culturas, pois teremos que levar em conta o contexto sociocultural em que elas nasceram.

Portanto, existe uma tendência de elaborar pré-conceitos em relação a outras culturas sem realmente conhecê-las.

A cultura condiciona nosso modo de pensar, logo o comportamento, afetando inclusive a personalidade do indivíduo. Felizmente, do ponto de vista psicológico todos os seres humanos são diferentes entre si. É por causa desse fenômeno que os indivíduos participam de modo diferente na sua cultura, pois há diferenças quanto à valorização a vários aspectos culturais. Por exemplo, a maioria dos brasileiros gostam de carnaval e futebol, outros gostam de outras atividades no lugar daquelas. Entretanto, basta que alguém revele não gostar de futebol ou carnaval que logo sentirá a força da cultura lhe oprimindo. Não faltarão pessoas a lhe criticar. É a luta do individual tentando se firmar frente ao coletivo e, vice-versa. 

Nesse aspecto a força está na coletividade. Somos bombardeados diariamente com todos os tipos de mídias e no boca a boca, com o faça isso, não faça aquilo, isso está na moda, etc. Se acompanharmos a cultura ao pé da letra, esqueceremos quem somos para viver a vida dos outros, faremos o que todos fazem e, se todos fazem as mesmas coisas, ninguém faz grande coisa, concorda?

O que você pensa sobre o tema? Deixe um comentário logo abaixo ou sugira um artigo, precisamos de ambos para continuar melhorando o blog.

Esperamos sua visita em breve. Obrigado pela Companhia e, compartilhe com os seus Amigos!

Junte-se aos Nossos Leitores e Receba nossas atualizações!

Respeitamos sua privacidade. Você está 100% seguro!

0 COMENTÁRIOS:

Postar um comentário