Carga Tributária Brasileira


carga tributária

Questiona-se a alta carga tributária do Brasil (35,04% do PIB – 2010) alegando que o trabalhador precisa trabalhar cinco meses/ano para pagar os tributos, no entanto, isso não é de todo verdade, porque ninguém trabalha 365/ano, haja vista termos perto de 223 dias úteis/ano. 

Precisamos descontar desse total os dias não trabalhados, como os sábados, domingos, feriados federal, estaduais e municipais, os pontos facultativos, abonos, férias e licenças para tratamento de saúde.

Desse montante, excluindo-se o último item, temos 142 dias efetivamente não trabalhados, equivalentes há 4,7 meses, entretanto, remunerados.

A tributação no país é pesada, mas esse não é o “x” da questão, pois outros países com taxas superiores à nossa, vão muito bem, obrigado! A população desses países não reclama em pagar seus tributos porque recebem serviços públicos de qualidade.

Ao contrário, na nossa amada terra tupiniquim a tributação indireta é injusta, pois sobrecarrega de forma igual os desiguais, contribuindo para a má distribuição de renda e da desigualdade social. Junte-se a isso a incompetência gerencial na aplicação dos recursos financeiros, os superfaturamentos de obras, a improbidade administrativa e teremos o retrato do País.

O Brasil se prepara para sediar a Copa do Mundo em 2014 e até lá serão investidos mais de R$ 142,39 bilhões para um evento que dura apenas um mês. Na capital do país o Estádio Mané Garrincha foi demolido para dar lugar ao novo Estádio Nacional de Brasília com capacidade para 70 mil pessoas. A previsão de investimentos é da ordem de R$ 600 milhões. Depois da copa será difícil manter o mesmo público para custear as despesas de manutenção com o referido estádio. Não se trata de uma campanha "anticopa", mas fatos não se discutem, opiniões sim.

Imagine cento e quarenta e dois bilhões de reais investidos em Educação, Saúde, saneamento básico e transportes. Tomemos como exemplo a educação, investir pesado nesse setor é investir para toda uma vida no maior patrimônio de um país – o povo.

Assim, não é a alta carga tributária que incomoda, mas o retorno equivalente para a população em serviços públicos de qualidade.
O que você pensa sobre o tema? Deixe um comentário logo abaixo ou sugira um artigo, precisamos de ambos para continuar melhorando o blog.

Esperamos sua visita em breve. Obrigado pela Companhia e, compartilhe com os seus Amigos!

   Conheça os Livros do Autor:   

Junte-se aos Nossos Leitores e Receba nossas atualizações!

Respeitamos sua privacidade. Você está 100% seguro!

0 COMENTÁRIOS:

Postar um comentário